Notícias

03/07/2018

Especialistas participam do IFSSH na Alemanha

Entre os dias 17 e 21 de junho, foi realizado na Alemanha o 14º IFSSH – International Federation of Societies for Surgery of the Hand, o maior evento mundial do segmento de cirurgia da mão. O evento acontece a cada três anos e a SBCM candidatou o Brasil para ser sede do congresso em 2025.

O anúncio do resultado do país que receberá o IFSSH seria feito durante o evento e, por este motivo, a Sociedade reuniu uma grande comitiva de especialistas brasileiros para participarem do evento com o objetivo de mostrar a força que a especialidade tem no Brasil.
 
Para a candidatura, os membros da SBCM se reuniram com os organizadores do evento em outras datas, enviaram um documento apresentando o país e a Sociedade, com foco na cidade escolhida – Rio de Janeiro.  Apesar dos esforços, o Brasil não foi o país escolhido e sim os Estados Unidos.
 
Confira abaixo o texto do presidente da SBCM, Marcelo Rosa de Rezende, sobre a participação do Brasil na disputa pelo IFSSH -2015:
 
Caros membros da SBCM,

Estivemos presentes no Congresso Internacional das Sociedades de Cirurgia da Mão-2019, na cidade de Berlim, desta vez, como candidatos para sediar o Congresso-2025, no Brasil, mais especificamente no Rio de Janeiro. Sabíamos que a disputa iria ser difícil, afinal tínhamos pela frente simplesmente o país com o maior poder econômico e cientifico no mundo, os Estados Unidos. No entanto, fomos para a luta, com uma grande delegação (cerca de 120 participantes), um BID bem estruturado além do livro de 60 anos da nossa Sociedade. Todo material de divulgação foi enviado previamente a todos os membros votantes do Comitê de países membros da IFSSH. 
 
Como presidente da SBCM, fiz uma apresentação de 4 minutos, ressaltando nosso histórico, estrutura enquanto Sociedade e os recursos que teríamos para realizar um grande congresso. Na sequência, foi apresentado um vídeo promocional da cidade do Rio de Janeiro. Apesar da dura realidade do embate desigual, alimentamos a esperança de ganhar a votação, e demos tudo de nós para ter sucesso do nosso empreendimento.

Entretanto, ainda não foi desta vez. Cabe aqui algumas reflexões. 
Precisamos aumentar o nosso poder político, junto às entidades internacionais, e penso que isto só será possível se pleitearmos cargos junto ao board destas instituições. O que ficou bastante evidente é a desunião das sociedades latinas, e como é lógico supor morremos abraçados com a Colômbia, que insistiu em sua candidatura, a despeito do histórico da nossa Sociedade. A meu ver, isto justifica a necessidade de fortalecermos a Federação Sulamericana de Cirurgia da Mão em prol de decisões unificadas, que fortaleçam assim as sociedades latinas, sem esquecer que somos a maior e mais bem estruturada sociedade de mão na América Latina. 

Outro aspecto importante é que se queremos ter representatividade no contexto mundial, precisamos ser não somente uma sociedade grande, mas sim uma grande sociedade. Demos prova disto com um grande número trabalhos brasileiros apresentados nas sessões de temas livres, contudo no que se refere à convites oficiais da IFSSH para que membros de nossa sociedade apresentassem algum tópico, ficamos muito aquém do que seria razoável. Precisamos, enquanto sociedade, receber os convites e definir quem são nossos expoentes que possam assumir tais incumbências.

Infelizmente, a imagem do nosso País no exterior não é das melhores, no entanto, aprendemos muito com todo este processo, e estamos mais convictos ainda de que devemos lançar nosso olhar para o futuro, e estruturando-nos cada vez mais, para que assim possamos pleitear posições de destaque no cenário mundial.

Nós, da diretoria; Marcelo Rosa, Milton Pignataro, Samuel Ribak e Tuffi, além do delegado brasileiro do IFSSH, Carlos Henrique, que estivemos em Berlim, temos a certeza de que fizemos o melhor em prol da Sociedade, mas certos de que muito ainda precisa ser feito, principalmente pelas novas gerações de cirurgiões de mão do Brasil.

Galeria de fotos:


Estande do Brasil - 2025 Berlim


A diretoria com Dr. David Shewring, da Inglaterra, presidente do Congresso do IFSSH-2022
 


Drs Marcelo Rosa e Tuffi com o delegado Paraguai



Dr. Samuel buscando apoio de colega Alemã



Ala jovem da comitiva brasileira em Berlim

 

A diretoria da SBCM com o ex-presidente Dr. Paulo Randal



  Parte da delegação em visita aos estandes de Berlim



Dr. Orbay com comitiva brasileira


Apoio do Dr. Fiego Fernandes ao Brasil -2025



Dr. Vergara, do Chile, em apoio ao Brasil -2025



Diretoria da SBCM presente no jantar do presidente do IFSSH - Berlim



A diretoria da SBCM com o convidado para Gramado (Mão 2019), Dr. Jefrrey Greenberg


A diretoria da SBCM com o Dr. Lalonde


A diretoria da SBCM com o Dr. Nagle, futuro presidente do IFSSH

 
Fachada da entrada do Congresso IFSSH -Berlim


Presidente da SBCM, Dr. Marcelo Rosa, na apresentação do BID Brasil para o Comitê Internacional da IFSSH - 2025



Entrega da homenagem aos Piorneiros da Cirurgia da Mão



Delegação brasileira em Berlim (121 participantes)

 

Voltar