01/04/2015

Uso excessivo de smartphones e tablets pode causar lesões nas mãos

O uso de tecnologias como tablets e smartphones tem crescido todos os anos entre crianças, adolescentes e adultos. Seja por diversão ou por trabalho, estas tecnologias já estão intrínsecas no dia a dia de muitas pessoas. Entretanto, é preciso ter cuidado ao utilizar estes aparelhos pois o uso excessivo deles pode trazer lesões nas mãos.
As mãos e os demais membros superiores são utilizados em muitas atividades diárias e devem merecer cuidados e atenção especiais. “Uma lesão na mão pode prejudicar a carreira de um profissional da saúde, como cirurgiões e dentistas, por exemplo”, alerta Luiz Koiti Kimura, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Mão (SBCM).
 
Um estudo canadense recente realizado com 140 universitários mostrou que 84% apresentavam alguma dor, sendo no polegar a mais relatada uma vez que em um teclado normal, de computador, a digitação é feita por dez dedos, enquanto no smartphone é feita por apenas um. 
 
Ainda segundo o estudo, o uso do navegador de internet aumenta em 2,21 vezes a chances de desenvolver dor no polegar quando comparado com usuários de celular sem internet. “Para cada clique que o polegar realiza há um movimento de extensão que, após várias mensagens, pode causar microlesões no tendão extensor que se inflama. A articulação da base do polegar também se inflama pelo excesso de atrito do movimento circular deste dedo”, explica Mateus Saito, membro da SBCM e médico d Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
 
O uso de tablets também traz efeitos danosos à saúde, por ser muito pequeno quando adequado a posição da mãos, sobrecarrega o pescoço e a coluna, e quando adequado a posição dos olhos, prejudica os ombros. “Esta posição incorreta forma pontos-gatilho que são pequenas áreas dos músculos, que, ao serem apertados, são dolorosos e irradiam a dor por uma determinada área”, afirma Saito. 
 
As dores causadas pelo uso excessivo destes tipos de aparelhos, se não tratadas, podem evoluir para quadros mais graves como artrite (inflamação da articulação) e hérnias cervicais. 
 
“É comum eu receber pacientes com este quadro em meu consultório e a recomendação imediata é adequar o uso destas tecnologias e procurar corrigir a postura. Há médicos especialista em mãos que podem ajudar com exercício de fortalecimento da musculatura, evitando as dores neste local”, completa Saito. 
 
A Sociedade Brasileira de Cirurgia de Mão oferece orientação para as pessoas evitarem lesões nos membros superiores, como mãos. “A cada uma hora de trabalho no tablet ou celular, é importante parar e alongar os músculos. A alternância de atividades também ajuda e, no caso do celular, segurar o aparelho e digitar com o outro polegar, diminui a sobrecarga pela metade”, completa Luiz Koiti Kimura.
 

Próximos Eventos

Av. Ibirapuera 2907 - Cjs. 919-D e 920-B - CEP: 04029-200 - Indianópolis - São Paulo - SP - Tels: (11) 5092-3426 e (11) 5092-3434
SBCM©2015 - Todos os direitos reservados | Direitos Autorais | Privacidade