10/08/2015

Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão promove primeiro mutirão de diagnósticos para lesões nas mãos

Projeto Mãos em ação acontecerá nos dias 10 e 11 de setembro, em Alagoas
 
A Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM) fará no próximo mês de setembro, nos dias 10 e 11, o primeiro mutirão de diagnóstico, notificação e prevenção de lesões e anomalias nas mãos e membros superiores, o projeto Mãos em Ação. O projeto tem o apoio da Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas e da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – SBOT Regional Alagoas e visa oferecer atendimento gratuito à população.
 
Esta iniciativa piloto terá caráter itinerante e tem como objetivo principal identificar e tratar as possíveis lesões. O mutirão tem ainda a missão de conscientizar a população do Estado em relação aos acidentes domésticos e do trabalho envolvendo mãos e membros superiores. 
 
Para a Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão, este projeto é resultado de muito esforço e idealização. “Queremos que Alagoas seja o primeiro estado do Brasil a receber este mutirão. Não há tantos médicos especializados neste tipo de cirurgia no país, daí atribuímos a importância de um evento como este”, afirma Luiz Kimura, presidente da SBCM.
 
O evento será dividido em duas etapas. Na fase inicial será feito o diagnóstico dos casos e consultas/exames promovidos por uma equipe de especialistas voluntários da Sociedade, profissionais e residentes locais em dois polos: Maceió e Arapiraca. Já na segunda fase, serão realizadas as cirurgias, para os casos indicados, com apoio do INTO – Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia.
 
Para participar, as pessoas só precisam comparecer no dia do evento, no local de realização do mutirão. Os atendimentos serão gratuitos e as cirurgias, se necessárias, também.

Como os médicos podem ajudar

Todos os médicos do estado de Alagoas devem desempenhar um papel de extrema importância antes, durante e depois do projeto. Identificar e notificar os casos adequadamente permite o atendimento especializado do paciente por um cirurgião da mão, possibilitando maiores chances para a recuperação funcional do membro. 
 
Todas as informações coletadas durante a realização do mutirão serão enviadas ao Ministério da Saúde por meio do sistema de notificação de alta complexidade da SES AL. Com base nesses números, será possível preparar melhor a rede de atendimento público para o perfil atualizado da região e a real necessidade da população.
 
Para o dr. Luiz Kimura, esta ação também é importante para a Secretaria de Estado da Saúde. “Além de benéfico para a população, o projeto terá números-base sobre este tipo de atendimento e ajudará a SES a preparar um atendimento mais adequado na rede pública para este segmento especializado”, conclui o especialista.
 
As patologias a serem atendidas são:

- Polidactilia
- Sindactilia
- Mão em fenda
- Ausência do polegar
- Mão torta radial
- Alongamento/Transporte ósseo da mão
- Lesões traumáticas de nervos periféricos
- Lesões compressivas de nervos periféricos
- Lesões do plexo braquial
- Tumores que necessitam cobertura ou cirurgia reconstrutiva
- Defeitos de cobertura que necessitam cobertura
- Osteomielite que necessitem reconstrução
 
Programação:
Consultas e exames
Data: 10/09 – os atendimentos serão realizados na cidade de Arapiraca, no Hospital CHAMA
Data: 11/09 - os atendimentos serão realizados em Maceió, no Hospital da Polícia Militar

Próximos Eventos

Av. Ibirapuera 2907 - Cjs. 919-D e 920-B - CEP: 04029-200 - Indianópolis - São Paulo - SP - Tels: (11) 5092-3426 e (11) 5092-3434
SBCM©2015 - Todos os direitos reservados | Direitos Autorais | Privacidade