01/01/2018

Uso de fogos de artifício na virada do ano requer cuidados para evitar tragédias

Responsive image

O uso de fogos de artifício na virada do ano é uma tradição admirada por muitas pessoas, mas a prática requer cuidados para evitar acidentes e tragédias, como queimaduras, mutilações e até a morte. “Os fogos de artifício são bonitos para os olhos, mas um perigo para as mãos”, diz o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão, Carlos Fernandes. A recomendação do médico é que os artefatos sejam acionados com o uso de suportes, e nunca segurados diretamente com as mãos. Os fogos podem provocar lesões leves como queimaduras, mas dependendo da potência ocasionam a amputação de dedos e até da própria mão. Além disso, crianças devem ser mantidas longe no momento do acionamento e não devem manipulá-los de forma alguma.

Os cuidados começam pela aquisição, que deve ser feita em comércio certificado pelo Corpo de Bombeiros e jamais de barracas e semáforos, de maneira irregular. “Também é importante não comprar de forma fracionada e, sim, apenas na embalagem”, orienta o tenente Ricardo de Souza Oliveira, do Corpo de Bombeiros. Os fogos devem ser acionados em locais afastados das pessoas, em áreas abertas e longe da fiação elétrica. Outra recomendação é evitar o uso de bebida alcoólica por quem for manuseá-los.

Em caso de acidente, como queimaduras leves, o local deve ser lavado com água fria e coberto com um pano limpo. Deve-se evitar colocar sobre a área produtos caseiros como manteiga, café ou pasta de dente. Em caso de sangramento, a pessoa deve levantar a mão para diminuir a sangria, evitar amarrar o local e, em seguida, procurar o atendimento médico mais próximo possível.

Fonte: ABCD Maior

Próximos Eventos

Av. Ibirapuera 2907 - Cjs. 919-D e 920-B - CEP: 04029-200 - Indianópolis - São Paulo - SP - Tels: (11) 5092-3426 e (11) 5092-3434
SBCM©2015 - Todos os direitos reservados | Direitos Autorais | Privacidade